SEJAM BEM VINDOS AO RESGATE DE SUA CONSCIÊNCIA CRIADORA - PLANETÁRIA E CÓSMICA

"VIVENDO NO ETERNO MOMENTO DO AGORA"

domingo, 26 de junho de 2011

SIMPLES ASSIM!

Mensagem publicada em 22 de junho, pelo site AUTRES DIMENSIONS

 
Eu sou URIEL, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.

Bem amados Filhos da lei de Um, juntos, presentes e unidos, vamos percorrer o Templo da Presença, no Silêncio, na Vibração, na Presença do Único.

Instante.
Instante de Silêncio no qual, enfim, é possível viver a Comunhão, aquela do Espírito Unificado, Vibrando em Uníssono ao Coração dos Universos, à Fonte.
Juntos, percorramos o tempo e o espaço do Silêncio.
Momento em que nenhuma outra presença pode vir perturbar o tempo da serenidade, o tempo da Unidade.

Juntos e no silêncio, abramos bem a boca do Coração.

Pulsação.
Vibração.
Presença e Silêncio.

No instante do Sopro eterno, o tempo da Luz revela-se.
O tempo da Luz brilha em suas Estrelas e em seu Templo.

Transparência, humildade e simplicidade.
Silêncio da Verdade.
Fim de toda projeção.
Iluminação nova no Espírito.

Façamos silêncio, a fim de nele viver a Verdade e a Unidade.

Presentes, Aqui e Agora, comunguemos na Essência da Unidade.
Luz Vibral Branca, na qual a Profundidade e a Clareza permitem à Unidade estabelecer a transcendência e a Alegria dela.

Juntos, no Silêncio.
Unidade.

Ouçam o som do Silêncio que os abre a Ele.
Instante em que o Sopro estende-se no Fogo regenerado da Verdade.

Para além das palavras, na Vibração da alegria e da Paz.
Abertos.
Abertos e no acolhimento, no espaço onde não há qualquer interrogação.
No espaço onde vive a Vida, aquela da Eternidade, aquela da confiança e da orientação, na qual nunca mais o Espírito pode perder-se e ser confinado.

Comunhão.

... Efusão Vibratória...

A casa está pronta.
As portas estão abertas.
A boca deixa passar o Sopro do sagrado, vivificando a chama, aquela que jamais pôde apagar-se.

Acolhimento, na doação de Si à Luz.
Na Luz que se dá e se revela na Eternidade.
No silêncio de Corações ardentes e na plenitude do Coração elevado.

Ressurreição e Louvor.
A Luz estabelecida, desvendada e revelada.
A Luz da Consciência pura ilumina.
Cabe a vocês criar o batimento do Silêncio, o batimento da Unidade.

Vibremos em Uníssono da mesma Vibração, em Uníssono do mesmo som.

Silêncio e Majestade, onde nenhum barulho pode alterar a majestade de sua majestade.
Alinhados na Vibração da Alegria, no silêncio da Verdade.
A Fonte de Cristal, então, ressuscita o Espírito, inunda a alma e lava a carne de todo o sofrimento e de toda a falta.

O Silêncio, na plenitude do instante, de nossa Comunhão.
Elevação.

Eu anuncio a notícia de seu retorno e do retorno d’Ele.

Alegria da Luz Una.
Movimento na imobilidade da Paz dela e de sua plenitude, em comunhão de Amor e de Silêncio.

Escutem o Silêncio, a fim de ouvir seu Canto.
O Canto do retorno d’Ele e de seu retorno na Graça, na Unidade.

Juntos, em comunhão e unidos, no mesmo Silêncio e na mesma Presença, revela-se o Éter de Verdade.
A espera é preenchida, porque o tempo da ausência não é mais.
É o tempo da Presença, um tempo que não é contado, um tempo que não é limitado.

Comunhão.
Sopro, contínuo e sagrado, para captar, para escutar e para ouvir, na Graça de nossa Comunhão.
Alinhados nessa orientação, abandonados na Unidade, onde nada pode alterar.

Filhos, a hora da Graça, o tempo da Presença, o tempo fora do tempo, tão esperado e temido, instala-se no silêncio da alma.

Comunhão.

Promessa e juramento realizados.
Promessa e juramento desvendados e magnificados, criando o Sopro do Um.

... Efusão Vibratória...

O ritmo do Silêncio estabelece sua ressonância e sua Presença, que englobam e aquecem.

Sopro ardente do Fogo do Espírito, apagando o Sopro desviado da Ilusão, o fogo sem dia seguinte, o fogo do desejo para sempre repetido e, no entanto, que termina na majestade da Presença dele e de sua Presença.

Na plenitude do Silêncio, aquele do Coração aberto e vibrando em uníssono da Fonte, com Ela comungando.

União de liberdade, União de Graça e de Verdade.
Juntos, reunidos na Liberdade de sua Eternidade.

Comunhão.
Sopro de Paz, onde não há qualquer lugar para a falta, onde não há qualquer lugar para o desejo, porque nada há a desejar, porque tudo está aí.

Silêncio.
Amados do Um, juntos, prossigamos a marcha da Graça, nesse espaço fora de todo tempo e fora de toda ausência.

Acolhamos a Unidade da Verdade.
Acolhamos a Verdade da Unidade.

... Efusão Vibratória...

Revelemos, antecipadamente, a Graça e a Luz Una.
Juntos, agora, alinhados no Silêncio, religados e livres, no tanque d Fogo, veículo de Eternidade.

Espírito.
Fogo.
URIEL penetra no Sopro e anima o Espírito.

Silêncio.
Entremos no santuário da Paz e da Verdadeira Vida, em Comunhão, no Silêncio, agora.

URIEL os ama, porque essa é minha natureza, como é sua natureza, a mesma natureza, a mesma Essência, o mesmo Fogo, o mesmo Amor.

Agora, o Silêncio revela-se em nossa Comunhão, no Um.
URIEL o proclama, em vocês.

Agora, permaneçamos juntos.
Revelemos a Graça.
Juntos.
Alinhamento.
Comunhão.

Eu sou URIEL.
Eu permaneço aí e saúdo sua Presença e sua Graça.
Comunhão.

... Efusão Vibratória...
___________________________

Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo. Se você deseja divulgá-las, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.

Versão do francês: Célia G. http://leiturasdaluz.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário